Menu Fechar

Qual o conceito de familia na sociologia?

Qual o conceito de família na sociologia?

O conceito de Família na Sociologia. Na sociologia, a família representa uma agregação de indivíduos unidos por laços afetivos ou de parentesco em que os adultos são responsáveis pelo cuidado com as crianças. A família também é compreendida como a primeira instituição responsável pela socialização dos indivíduos.

Qual é o conceito de família?

Conceito de família. Família é, para a Sociologia, uma instituição social tão antiga quanto os primeiros registros pré-históricos da humanidade, que datam de antes de 10.000 anos a.C. A família, além de uma antiga instituição social, é um agrupamento de seres humanos, que se unem pelo laço consanguíneo e pela afinidade, ou seja,

Qual a relação entre uma família e seus membros?

Uma família geralmente fornece apoio e uma identidade social aos seus membros e regula a atividade e reprodução sexual entre as pessoas. A instituição da família proporciona um sentimento de identidade e de pertencimento entre seus membros. Uma família transmite, de geração a geração, seus valores e sua cultura.

LEIA TAMBÉM:   O que e uma instituicao financeira publica?

Por que a família é uma instituição social?

Para elas, o ser humano deve ser pensado em sua complexidade social, tendo a família como a instituição central dessa socialização. A família enquanto instituição está diretamente relacionada com outros conceitos que fundamentam a sociedade: a maternidade e paternidade, a capacidade de deixar descendentes e transmitir valores e construções sociais.

Como entender o conceito de família?

Para entender o conceito de família é necessário perceber que os povos antigos davam um valor muito menor para a individualidade, os indivíduos organizavam-se em grupos (família, clã, Estado, etc.). Essa mentalidade permaneceu, desde então, até o fim da Idade Média.

Quais são as famílias?

As famílias são consideradas grupos primários, nos quais as relações entre os indivíduos são pautadas na subjetividade dos sentimentos entre as pessoas. Considerando-se que a vida social é algo fundamental à existência e sobrevivência dos seres humanos enquanto indivíduos, é na família que se dá início ao processo de socialização,