Menu Fechar

Qual das palavras a seguir tem o sentido oposto ao religioso?

Qual das palavras a seguir tem o sentido oposto ao religioso?

1. incréu, descrente, herege, herético, irreligioso, secular, laico, leigo, ateísta, ímpio, ateu.

Como a lei e a sociedade reconhece uma religião?

A Constituição Federal, no artigo: 5° VI, estipula ser inviolável a liberdade de consciência e de crença, assegurando o livre exercício dos cultos religiosos e garantindo, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e as suas liturgias.

O que é laicidade do Estado?

A laicidade do Estado, em sua acepção corrente, compreende o processo de separação institucional e autonomia do Estado com relação às religiões.

Como a sociedade reconhece uma religião?

As associações religiosas adquirirão personalidade jurídica na forma da lei civil” (BRASIL, 1946). Tal texto também está presente na nossa atual Constituição, com as devidas modificações, sem, contudo, encerrar alterações significativas que pusessem em risco o princípio da liberdade de culto.

LEIA TAMBÉM:   Por que evitar o sal?

Como é a religião?

Subjetivamente, religião é “homenagem interior de adoração, de confiança e de amor que, com todas as suas faculdades, intelectuais e afetivas, o homem vê-se obrigado a prestar a Deus, seu princípio e seu fim”.

Por que o Estado deve se preocupar com a compreensão religiosa?

Com essa afirmação queremos dizer que, consoante a vigente Constituição Federal, o Estado deve se preocupar em proporcionar a seus cidadãos um clima de perfeita compreensão religiosa, proscrevendo a intolerância e o fanatismo.

Por que a convivência e a integração entre religiões?

Mais do que a simples convivência, a integração e o diálogo para a superação de conflitos entre as instituições que representam as variadas religiões no país são meios para a superação de entraves históricos.

Por que as posturas desrespeitosas não condizem com religião?

Posições desrespeitosas, violentas, não condizem com nenhuma religião, já que todas elas têm como princípio a promoção da paz. Como pastora de uma igreja protestante e diretora de uma organização ecumênica, me sinto profundamente atingida quando fatos dessa natureza acontecem.