Menu Fechar

Quais os riscos da desigualdade social?

Quais os riscos da desigualdade social?

À medida que a desigualdade social se alastra, a população é afetada de diversas maneiras e isso pode diminuir a motivação das pessoas em lutar por mudanças. De forma resumida, essa realidade pode gerar níveis altos de desemprego, desnutrição, doenças, violência, miséria, marginalização, mortalidade etc.

Quais Determinantes Sociais da saúde DSS devem estar relacionados com a incidência de doenças crônicas Não-transmissíveis no Brasil?

Como determinantes sociais das DCNT, são apontadas as desigualdades sociais, as diferenças no acesso aos bens e aos serviços, a baixa escolaridade, as desigualdades no acesso à informação, além dos fatores de risco modificáveis, como tabagismo, consumo de bebida alcoólica, inatividade física e alimentação inadequada.

Qual o país com maior taxa de mortalidade?

O Peru, país com a maior taxa de mortalidade também deve apresentar o maior recuo da atividade econômica, tanto no PIB quanto no PIB per capita. Dentro dessa amostra, os EUA devem ser o país com a menor perda da economia, e o Brasil o segundo país com o menor recuo (-4,3\% e -5,8\%, respectivamente).

LEIA TAMBÉM:   Como saber o tipo de utero?

Por que a taxa de mortalidade pode ser subnotificada?

Por questões de subnotificação dos casos, não somente no Brasil, a taxa de mortalidade pode ser um indicador mais preciso do que a taxa de incidência. Também podem ocorrer subnotificações de mortes, pelo menos na causa do óbito, porém numa magnitude menor do que da incidência dos casos, já que a maioria das pessoas não é testada.

Qual a taxa de mortalidade em Manaus?

Manaus lidera a posição com a maior taxa de mortalidade ajustada por idade, chegando a 412,5 mortes por 100 mil habitantes. A cidade enfrentou o colapso no sistema de saúde, com falta de oxigênio para tratamento dos pacientes infectados pela covid-19, no início deste ano.

Qual a média de mortalidade neonatal no mundo?

Nos países em desenvolvimento, a média de mortalidade neonatal é de 27 mortes por cada mil nascimentos. Documento diz que o mundo está a falhar nessa área; crianças que nascem nos países mais desfavorecidos têm 50 vezes mais chance de morrer no primeiro mês do que os que vêm ao mundo em nações desenvolvidas; Guiné-Bissau é único lusófono na lista.

LEIA TAMBÉM:   Como diferenciar carinho de abuso?