Menu Fechar

O que caracteriza a divisao dos antipsicoticos em tipicos e atipicos?

O que caracteriza a divisão dos antipsicóticos em típicos e atípicos?

Os antipsicóticos clássicos são os mais antigos. Os atípicos são os mais recentes, que têm esse nome porque têm menores efeitos adversos psicomotores (típicos para a primeira classe). Os clássicos atenuam apenas os sintomas positivos, enquanto os atípicos têm algum efeito limitado sobre os negativos.

Quais são os tipos de antipsicóticos?

Antipsicóticos de primeira geração: Clorpromazina, haloperidol, levomepromazina, trifluoperazina, zuclopentixol.

  • Antipsicóticos de segunda geração: Aripiprazol, clozapina, lurasidona, quetiapina, olanzapina, risperidona, ziprasidona.
  • Como escolher o tipo de antipsicótico?

    A escolha do tipo de antipsicótico geralmente é feita com base nos efeitos colaterais. Uma vantagem dos neurolépticos atípicos é que eles não contribuem para o bloqueio dopaminérgico na via mesolímbica, o que implica um benefício clínico. Além disso, aumentam a secreção de dopamina nas vias nigroestriatal e mesocortical.

    LEIA TAMBÉM:   O que aconteceu apos as colônias africanas anunciaram sua independencia?

    Como os antipsicóticos são classificados?

    Via tuberoinfundibular: regula a liberação de prolactina, cuja secreção é inibida pela dopamina. Os antipsicóticos são classificados em duas categorias clássicas: antipsicóticos de primeira geração (mais antigos) e antipsicóticos de segunda geração (mais recentes) .

    Será que os antipsicóticos são mais eficazes que os convencionais?

    Considerou-se que os antipsicóticos atípicos poderiam ser mais eficazes que os convencionais no tratamento de sintomas afetivos ou de sintomas negativos (empobrecimento do pensamento e do comportamento da pessoa). O Clozapina associa-se à uma alta incidência de efeitos anticolinérgicos, similares aos do Clorpromazina, além da agranulocitose.

    Qual a eficácia dos antipsicóticos atípicos?

    1. Os antipsicóticos atípicos têm menos efeitos colaterais do que os antipsicóticos típicos. 2. Os antipsicóticos atípicos oferecem maior eficácia na redução dos sintomas psicóticos do que os antipsicóticos típicos. 3. A adesão dos pacientes aos antipsicóticos é maior com o atípico do que com o típico. 4.