Menu Fechar

O que causa a anomalia?

O que causa a anomalia?

As principais causas das anomalias são os transtornos congênitos e perinatais, muitas vezes associados a agentes infecciosos deletérios à organogênese fetal, tais como os vírus da rubéola, da imunodeficiência humana (HIV), o vírus Zika, o citomegalovírus; o Treponema pallidum e o Toxoplasma gondii.

O que são Teratógenos Cite três exemplos de agentes teratogênicos?

Exemplos de agentes teratogénicos biológicos Rubéola – causa cataratas congénitas no recém-nascido. AIDS – causa malformações crânio-faciais e atraso no crescimento intra-uterino. Sífilis – surdez, hidrocefalia, atraso mental, dentes e ossos anormais. Varicela – Distrofia muscular, atraso mental.

O que agentes teratogênicos causam?

Chamamos de agente teratogênico tudo aquilo capaz de produzir dano ao embrião ou feto durante a gravidez. Estes danos podem se refletir como perda da gestação, malformações ou alterações funcionais (restrição de crescimento, por exemplo), ou ainda distúrbios neuro-comportamentais, como retardo mental.

LEIA TAMBÉM:   Como o renascimento refletiu na arquitetura?

Quais são os defeitos de nascença?

Os defeitos de nascença (congénitos) são a maior causa de mortalidade infantil e podem ser estruturais, funcionais, metabólicos, comportamentais ou hereditários. Uma anomalia congénita é qualquer tipo de anormalidade estrutural: entretanto, nem todas as variações do desenvolvimento são anomalias.

Quais são os efeitos do teratogênico na nossa espécie?

HIV (Microcefalia, hipertelorismo, RCIU ) 2) TERATÓGENOS QUÍMICOS Apesar do conhecimento da teratogenicidade de diversas substâncias químicas em animais e até a associação destas com defeitos congênitos em humanos, são relativamente poucas as situações em que o efeito teratogênico foi devidamente comprovado na nossa espécie.

Quais são as manifestações de um agente teratogênico?

Estes mecanismos afetam eventos básicos do organismo em desenvolvimento e geralmente suas conseqüências atingirão mais de um tecido ou órgão. Assim, as manifestações da ação de um agente teratogênico na espécie humana podem ser agrupados em classes principais: (1) morte do concepto ou infertilidade; (2) malformações;

Quais são os agentes teratógenos nocivos para a gestação?

Há basicamente 3 categorias de agentes teratógenos: 1) FATORES AMBIENTAIS Os fatores ambientais são particularmente nocivos no primeiro trimestre da gestação (período embriopático) Infecções maternas: Rubella RCIU, (microcefalia, cardiopatia, surdez, catarata ) Toxoplasma (Microcefalia, microftalmia, RCIU, calcificações cerebrais, hidrocefalia )

LEIA TAMBÉM:   Quem tem purpura tem direito a aposentadoria?